• Andrea Rebello '

10 DICAS PARA DEIXAR A SUA HORA DOURADA AINDA MAIS BRILHANTE

Atualizado: Mai 22

Também conhecida como "Golden Hour", a Hora Dourada é a primeira hora de vida do bebê




Como obstetra, já tive o prazer de acompanhar inúmeras horas douradas e posso afirmar com propriedade que NENHUMA é igual a outra (assim como nenhuma gestação, nenhum parto, nenhuma mulher, nenhum bebê...Viva à individualidade!). Trata-se da primeira hora de vida não apenas daquele ser que acaba de chegar ao mundo, mas também daquela nova mulher que acaba de nascer como mãe.

É um momento mágico, emocionante e extremamente íntimo. Por isso, no parto humanizado, tentamos interferir o mínimo possível nesse momento, servindo apenas de apoio para que mãe e filho possam desfrutá-lo.

Por isso, aqui vão algumas dicas para garantir ainda mais brilho para a sua HORA DOURADA.

1. BEBÊ NASCE E VAI DIRETAMENTE PARA OS BRAÇOS DA MÃE

Independente da via de parto, se o bebê está bem ele deve ser colocado imediatamente nos braços da mãe, sem que nada seja feito antes. Absolutamente nada.



2. O CORDÃO UMBILICAL NÃO DEVE SER CORTADO LOGO APÓS O NASCIMENTO

O cordão umbilical só deve ser cortado depois que a circulação do sangue que está dentro dele parar e isso leva geralmente dois a três minutos, quando ele começa a ficar roxinho. Então o cenário é: bebê direto nos braços da mãe e cordão ainda ligado na placenta. Coisa linda!

O “clampeamento oportuno do cordão umbilical” - como chamamos tecnicamente - garante ao recém-nascido um volume maior de sangue em seu corpo e eleva suas reservas de ferro, prevenindo possíveis deficiências e anemias durante a infância. Cerca de 20% a 30% do sangue que o bebê precisa ainda está na placenta após o nascimento e na maior parte dos partos normais é possível esperar a placenta sair naturalmente para só aí cortá-lo.


É importante ressaltar que, em alguns casos de cesárea, não é possível fazer o clampeamento oportuno.


3. O BEBÊ NÃO DEVE SER LIMPO, ATÉ PORQUE ELE NÃO ESTÁ SUJO!


Nada de passar paninho pra tirar sangue e a “sujeira” do bebê. Essas aspas não estão aí à toa: o bebê não está sujo. O vérnix, que é essa substância branca e gordurosa que cobre a pele do recém-nascido pode não ter um aspecto muito convidativo aos nossos olhos leigos (a textura parece uma mistura de cera e queijo), mas é rica em proteínas antibacterianas, além de possuir uma capacidade hidratante que nenhum creme caro que você conhece possui. Então, quanto mais tempo em contato com o bebê, melhor. Por isso, a OMS recomenda esperar no mínimo 24 horas para dar o primeiro banho. E, como o vérnix é bem resistente à água (afinal seu bebê tava dentro do líquido aminótico!), pode demorar uns 2 ou 3 dias pra ele sair totalmente. Não force a saída, lembre-se: quanto mais tempo com o bebê, melhor!


4. PELE COM PELE

Nada de panos entre você e seu bebê. Pele com pele. O seu calor irá aquecê-lo. O seu cheiro vai acalmá-lo. O seu peito vai alimentá-lo. Ele precisa sentir a sua pele e te reconhecer - e acredite: você também precisa, por mais que o seu lado racional te diga que ele é o seu filho. Você precisa deixar que o seu lado irracional também o reconheça.

Além disso, esse contato estimula a produção de ocitocina, que te ajudou a parir e agora vai estimular a ejeção de leite. 


5. AFINAL, VOCÊ FOI HUMANA DEMAIS A VIDA TODA. ESSA É A MELHOR HORA POSSÍVEL PARA DEIXAR DE LADO ISSO E SER O QUE VOCÊ TAMBÉM É: UM ANIMAL MAMÍFERO

Por isso, se você sentir vontade de beijar, cheirar ou até mesmo de lamber o seu bebê, não se sinta anormal, porque isso é a natureza ali, gritando. Dê ouvidos a ela. Não deixe que paradigmas impostos por uma sociedade de aparências que dita o que é certo ou errado sejam maiores do que o seu instinto. O seu bebê está em estado de alerta e você também. Ele vai te cheirar, te olhar e, na maioria das vezes, vai procurar instintivamente o bico do seu peito para se alimentar. Se você já viu uma cachorrinha ou uma gatinha dando a luz, saiba que a gente não se diferencia (ou, pelo menos, não deveria se diferenciar) tanto assim delas. Inclusive, a maioria das minhas pacientes passam meses falando sobre o cheirinho delicioso e inesquecível do topinho da cabeça do seus bebês recém-nascidos.




6. VIVA O IMPRINTING


O imprinting pode ser traduzido como “amor à primeira vista”, só que sem a parte romantizada. Assim que o olhar do bebê cruza o da mãe e ambos se reconhecem, acontece algo mágico (e não é à toa que a maioria dos relatos dizem que o bebê para de chorar nessa hora). Esse primeiro segundo é extremamente importante para estabelecer o vínculo entre mãe e bebê. Quando o pai está ao lado da mãe, participando, o vínculo entre ele e bebê também começa a ser estabelecido, além do vínculo familiar mãe-pai-bebê. Nem preciso falar que a ocitocina vai nas alturas, né?


7.AMAMENTE (OU TENTE)


A OMS recomenda que a primeira mamada do bebê ocorra na hora dourada. 

A ocitocina nas alturas faz com que o leite desça e o útero comece a se contrair (prevenindo hemorragias). Os seios já estão cheios de colostro, que é uma secreção líquida, às vezes amarelada, outras esbranquiçada, mais espessa que o leite materno e que pode durar até uma semana depois do parto. Ele é considerado a primeira vacina do bebê pelo poder de proteção contra infecções e fortalecimento da imunidade, além de ser rico em vitaminas E, K e A, que ajudam na proteção dos olhos. Ele também é essencial para o amadurecimento do intestino e para a eliminação do mecônio, que é o primeiro cocô do bebê, mas que quando não eliminado totalmente pode causar icterícia.


O bebê tem o instinto de procurar o bico do peito e fazer a sucção, mas existem muitos fatores que contribuem para o sucesso na primeira mamada, como a pega e a posição da mãe. Por isso, a doula e a enfermeira obstetra são essenciais neste momento, tanto para o suporte emocional quanto para auxiliar a mãe neste momento.


É importante relembrar que cada organismo funciona de um jeito, cada corpo tem seus mistérios e que cada bebê é um ser único - e que nem sempre as coisas saem conforme o esperado. O importante é tentar e continuar tentando! Só a tentativa já ajuda a liberar mais prolactina e estimula a produção do leite.


8 - ALGUNS EXAMES PODEM SER FEITOS COM O BEBÊ NO COLO DA MÃE, SEM ATRAPALHAR A HORA DOURADA

Como por exemplo o teste de Apgar, que deve ser feito no primeiro e no quinto minuto de vida do bebê, com a finalidade de checar frequência cardíaca, respiração, tônus musculares, reflexos e cor de pele do bebê. 



9 - JÁ OUTROS PODEM PERFEITAMENTE ESPERAR 

Pesar, examinar, aplicar vacinas e colírios, vestir roupinha, etc. Tudo isso não só pode, como deve esperar.





10 -  DEIXE TUDO POR ESCRITO EM SEU PLANO DE PARTO


Para que a sua hora dourada seja a melhor possível, coloque em seu plano de parto tudo o que você gostaria que fosse feito e o que não gostaria, além de deixar claro quais devem ser os caminhos no caso de alguma intercorrência. 


Como foi a sua hora dourada? Me conta nos comentários! 

361 visualizações

 © 2018 criado por Kalinka Araneda

  • Facebook - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle